Weather

Sacramento, MG

23 °C

Comissão e Escolas entram em acordo e desfile está confirmado para o Carnaval 2014

Sob o comando da Comissão Organizadora do Carnaval 2014, escolas de samba de Sacramento se reuniram nesta quinta-feira (16), para decidir o futuro da festa mais popular da Cidade.

Foram feitas duas reuniões para o fechamento do acordo de realização dos desfiles. Na última reunião, realizada na terça-feira (14), a proposta final da Comissão foi a mesma feita no ano passado: R$ 45 mil a título de subvenção para cada escola, mais premiação de R$ 2 mil para o campeão e R$ 1 mil para o vice-campeão e terceiro lugar. As escolas não concordaram e fizeram contra proposta de R$ 50 mil a título de subvenção para cada agremiação, mais custeamento de frete de caminhão para as cidades Rio Claro/SP, Poços de Caldas/GO e Bragança Paulista/MG.

Na reunião desta quinta-feira (16), após longa conversa, ficou acordado que cada escola receberá a título de subvenção, R$ 46 mil. Além disso, em comum acordo, as escolas dividirão em partes iguais, a premiação de R$ 4 mil.

A reunião foi realizada mediante solicitação da escola de samba Beija-Flor Sacramentano e contou com a presença do presidente da escola de samba Treze de Maio, Anderson Oliveira, da representante e fundadora da Beija-Flor, Rosimary Idualte e o membro da diretoria, Nayan Idualte e do presidente da escola de samba Acadêmicos do Borá, Nivaldo da Silva. Segundo a Comissão Organizadora do Carnaval, a escola de samba Unidos do Areião foi convidada por telefone, mas não compareceu à reunião. A escola será oficiada do conteúdo da reunião. Todas as escolas terão até às 12 horas desta sexta-feira (17), para se manifestar sobre a participação no Carnaval.

"O amor ao Carnaval falou mais alto. Vamos colocar nossa Escola linda na avenida. O que eu posso falar é que estaremos num patamar alto, o resto é surpresa", afirmou Rosimary Idualte, após a reunião. "Som", presidente da Treze de Maio disse que irá lutar mais uma vez pelo título: "Já estamos trabalhando tem tempo neste carnaval, vamos entrar na avenida mais uma vez para brigar pelo título", disse. Pela Acadêmicos do Borá, Nivaldo se disse satisfeito por poder entrar com sua escola na avenida: "A Comissão cedeu um pouco, as escolas também. Tudo para ver as escolas na avenida", afirmou.

Outra reunião será realizada a fim de discutir critérios do regulamento e ordem dos desfiles.